Exportação: tudo o que você precisa saber para começar do jeito certo

5
(3)

Ao pensar em exportação, a tendência geralmente nas pessoas ou nas empresas é pensar que é bastante complicado ou até impossível realizar isso.

A verdade é que no mundo globalizado de hoje, junto com as ferramentas que existem para a Internacionalização de empresas ou exportação de produtos e serviços, está mais facilitado o caminho para todos aqueles que querem alcançar este objetivo.

Claro que tudo isto faz parte de um processo.

Veja as dicas que separamos para te orientar neste caminho do comércio exterior, para que você possa exportar!

O nosso objetivo é proporcionar às empresas brasileiras, em particular pequenas e médias, informações básicas sobre os principais procedimentos relativos à exportação. 

Buscamos responder a cada uma dessas questões, com esclarecimentos e orientações sobre as vantagens da atividade exportadora.

Se preferir, navegue pelos tópicos:

Por que exportar

exportacao

A exportação aumenta a competitividade da empresa tanto no exterior como no Brasil.

Claro que a empresa deve adaptar seus produtos para atender aos mercados no exterior. Hoje temos que entender que toda empresa, deve ter dentro de suas estratégias a atividade exportadora. 

Para saber como está seu perfil em relação a isso é recomendável fazer um Teste do Exportador.

Exportação: tudo o que você precisa saber para começar do jeito certo 1

Se as empresas brasileiras se dedicarem exclusivamente a produzir para o mercado interno, sofrerão a concorrência das empresas estrangeiras dentro do próprio país. 

Por conseguinte, para manter sua participação no mercado interno, deverão modernizar-se e tornarem-se competitivas em escala internacional. 

A atividade exportadora, contudo, não é isenta de dificuldades, até mesmo porque o mercado externo é formado por países com idiomas, hábitos, culturas e leis muito diversos, dificuldades essas que devem ser consideradas pelas empresas que se preparam para exportar.

As empresas podem participar do mercado internacional de modo ativo e permanente ou de maneira eventual. 

Em geral, o êxito e o bom desempenho na atividade exportadora são obtidos pelas empresas que se inseriram na atividade exportadora como resultado de um planejamento e teste estratégico direcionado para os mercados externos.

O planejamento estratégico envolve questões como pontos fracos e fortes, ameaças e oportunidades, itens que devem ser previamente analisados. 

A seleção dos mercados nos quais a empresa atuará também deve ser feita com base em pesquisas e em mercados prioritários.

O que exportar?

O primeiro passo para a empresa que deseja realizar uma exportação é definir o que venderá nos mercados estrangeiros. 

A empresa deve identificar, dentro de sua linha de produtos, aqueles que atendam às necessidades e às preferências dos consumidores dos mercados estrangeiros a serem explorados. 

A empresa também deve estar atenta a questões como níveis de preços praticados no exterior. 

Também deve se atentar aos processos de distribuição do produto no mercado alvo, aspectos relacionados à promoção, capacidade de produção da empresa, e embalagem. 

Deve ser levando em consideração a disponibilidade de transporte para o exterior, exigências tarifárias e não tarifárias praticadas no mercado de destino, concorrência etc. 

Para tanto, é preciso que a empresa reúna a maior quantidade possível de informações sobre o país ou os países para os quais deseja exportar.

Recomenda-se ao empresário que antes de viajar ao exterior, com o objetivo de explorar mercados potenciais para suas exportações, possa estabelecer contato direto com bons profissionais de suporte como consultorias especializadas.

Elas poderão ajudá-lo na tarefa de conhecer os correspondentes importadores e consumidores, bem como participar de feiras comerciais no exterior.

Exportação: tudo o que você precisa saber para começar do jeito certo 2

Para onde exportar

Uma das principais dificuldades para a empresa que deseja exportar é definir não apenas o que exportar, mas também para onde,ou seja, identificar potenciais mercados de destino no exterior.

De fato. é muito importante se ter uma boa estratégia de marketing digital para que você possa acelerar os resultados.

Claro que nesta oportunidade estamos falando dos Estados Unidos de América, por tanto devem ser levantadas, uma série de informações sobre mercados específicos de interesse para a empresa que deseja atuar na atividade exportadora. 

Nessa série de dados, as empresas devem buscar estudos detalhados sobre o país, individualmente considerados, dados econômicos e de comércio exterior. 

É válido também avaliar as informações sobre as relações econômico-comerciais bilaterais, condições de acesso a mercado, canais de distribuição, sistema tarifário, regulamentação de importações, usos e costumes locais etc.

No atual mundo globalizado, o trabalho de planejamento e teste de viabilidade do Produto/Serviço para entrar em outros mercados, é ferramenta essencial para o sucesso do novo empreendimento. 

Tendo em vista que o Teste deve conter informações fidedignas para o correto direcionamento no mercado escolhido, é importante a seriedade na busca de informações, sendo aconselhável buscar um consultor na área.

Como exportar?

Uma vez definidos o que e par onde exportar, a empresa depara-se com as exigências legais e administrativas do processo de exportação, onde serão examinados, os principais procedimentos com relação a como exportar.

Relacionam-se, a seguir, os documentos exigidos nas operações de exportação. 

Documentos necessários para exportação

a) Inscrição no Registro de Exportadores e Importadores (REI) da SECEX/

MDIC (processo automático no caso de se registrar a primeira exportação

via SISCOMEX)

b) Documentos referentes ao Contrato de Exportação

c) Fatura Pró-Forma

d) Carta de Crédito

e) Letra de Câmbio

f) Contrato de Câmbio

Documentos necessários para o Contrato de Exportação

Os seguintes documentos acompanham todo o processo de traslado da mercadoria:

a) Registro de Exportação no SISCOMEX

b) Registro de Operação de Crédito (RC)

c) Registro de Venda (RV)

d) Solicitação de Despacho (SD)

e) Nota Fiscal

f) Conhecimento de Embarque

g) Fatura Comercial (Commercial Invoice)

h) Romaneio (packing list).

Esperamos que esse conteúdo possa ter mostrado com clareza os passos iniciais para realizar exportações.

Para saber mais sobre internacionalização de empresas, assista ao Webnário que realizamos sobre o tema:

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário

Parabéns

VOCÊ ACABOU DE GANHAR
uma CONSULTÓRIA VIP

resgate agora. válida só por 24h